28/08/2017

AGMP celebra 50 anos com emocionante festa que homenageou seus ex-presidentes e reuniu 700 associados e familiares

Um evento carregado de emoção, homenagens e história. Assim a Associação Goiana do Ministério Público (AGMP) celebrou seus 50 anos, no último sábado (26), em sua sede social. A festa, que homenageou os 14 presidentes que ajudaram a construir a biografia da AGMP, reuniu 700 pessoas: associados, seus familiares, e também os 15 novos promotores de Justiça substitutos e seus convidados.  “Nestes 50 anos, só temos de dizer aos nossos ex-presidentes: foi com a abnegação de vocês que construímos nossa história”, afirmou o presidente da AGMP, Vinicius Jacarandá, em discurso.

O momento de homenagens foi iniciado com a exibição de um vídeo com o depoimento dos ex-presidentes da associação. Cada um deles contou um pouco de sua trajetória na AGMP, e transmitiu o sentimento em relação à celebração dos 50 anos da associação. Presidente mais antigo, Joaquim Salvador de Moura foi o primeiro a fazer seu relato, e assim deu início aos sucessivos momentos de emoção durante a festa. Dos 14 ex-presidentes da AGMP, quatro já faleceram. Estes foram homenageados in memorian, e as placas de homenagem foram entregues aos seus familiares.

Além das placas, os homenageados receberam flores e um licor artesanal de pequi. “A AGMP agradece-lhe pela dedicação, competência e comprometimento com a construção da nossa história. Graças a essas virtudes, conseguimos completar meio século de trabalho sério, abnegado e respeitado pelo Ministério Público e pela sociedade goiana”, dizia o texto da placa. Os diretores da AGMP acompanharam o presidente da associação na entrega das homenagens.

 Em seguida, a ex-presidente Myrthes de Almeida Guerra Marques discursou em nome de todos os ex-presidentes, por ter sido a primeira mulher a presidir a Associação. De forma detalhada e comovente, ela abordou o legado deixado por cada uma das gestões; narrou as dificuldades enfrentadas pelo Ministério Público de Goiás e pela AGMP ao longo de suas histórias, e deixou uma mensagem de otimismo e força, exortando os colegas a prosseguirem firme na defesa dos cidadãos.

Presidente da AGMP, Vinicius Jacarandá destacou que, o principal aspecto que permitiu a AGMP completar 50 anos de trabalho respeitado e de bons frutos, foi a abnegação de seus ex-presidentes, que se dedicaram por inteiro para que a associação alcançasse esse patamar. “Essa abnegação os fez viverem intensamente nossa associação. Relegaram outras ambições a segundo plano para defenderem nossa instituição ao longo dessa maravilhosa história. Daí nossa reconhecida têmpera, inquebrantável, sólida e também bela”, enfatizou.

Celebrações

Após as homenagens, houve também o momento de recepção aos 15 novos promotores de Justiça substitutos. Depois, a pausa para as fotos, quando os ex-presidentes fizeram um círculo, deram as mãos e vibraram: “Viva a nossa AGMP! 50 anos de história!”, encerrando com emoção as homenagens da noite, que foi animada ao som da Banda Vértize.

As fotos da festa estão no nosso flickr: Veja aqui as fotos.

Anexo o discurso da oradora Myrthes Guerra. 


Voltar